[Date Prev][Date Next] [Thread Prev][Thread Next] [Date Index] [Thread Index]

Re: traduzir ou não, [Era Re: Fw: (ldp-br) apresentando-me]



|> Acho que não precisamos ser tão radicais, nossa lingua portuguesa tem |>muitas, mas muitas palavras que foram incorporadas de outros idiomas, |>porque não incorporar mas algumas ?
|
|Henrique, este não me parece um bom argumento. Do fato de que as coisas
|são assim e assim não podemos inferir, penso, que devam ser assim e
|assim. Isto é conhecido com falácia naturalista, extrai do que é, o que
|deve ser. Você não deixará de concordar comigo que uma porção de coisas
|acontecem e não deveriam acontecer (apenas um exmplo, também um pouco
|exagerado :=), é o nazismo).

Descordo em um ponto, não seria um bom argumento se ele estivesse sozinho,
mas existem mais argumentos abaixo, só comecei meu e-mail com isso.

|> Depende muito de se achar uma boa tradução para a palavra, as vezes é
|> mais fácil incorporar a palavra e o seu significado, devido a não
|> existir uma similar em nosso idioma.
|
|Suponhamos que eu, repentinamente, torne-me menos radical e concorde com
|isto: quando não houver outra alternativa, incorporemos a palavra. Neste
|caso, contudo, penso que devemos aportuguesar a palavra, para que se
|torne uma palavra de nossa língua. Sim, eu considero isto muito 
|importante, pois acredito que há uma relação entre a evolução de um
|povo e o cuidado com sua língua. Aplicativos doque seria uma boa, no teu
|exemplo.

Não descordo e nem concordo, quanto ao aportuguesamento em alguns casos
já é feito, como a palavra escanear, mas em outros não tem jeito como por
exemplo download.

|Certo. E do fato de que as pessoas compreendem o sentido de "dock" segue-
|se que não devemos traduzí-lo? Não, Henrique, é o que penso. Fosse assim,
|nossa língua sumiria, literalmente, em poucos anos, pois a capacidade
|de compreender palavras em língua inglesa aumenta vertiginosamente,
|principalmente com o advento da internet.

A lingua não some, ela modifica-se. Compare nosso idioma atual com ele a 100 anos atrás, já mudou muito, incorporou novas palavras perdeu outras.

|Penso que é nosso dever, enquanto tradutores, zelar ao máximo pela nossa
|língua. E que para fazê-lo é preciso ter bastante atenção quanto ao "isto
|não precisa traduzir, as pessoas entendem".

Quanto a isso eu concordo, mas é como o synthespian falou, temos que ser claros também, não adianta traduzir tudo, exatamente tudo, e o usuário não entender o texto pois está acostumado com os termos técnicos.

[]'s
Henrique

-- 
Henrique Pedroni Neto
Administrador de Rede - ITAL (http://www.ital.org.br)
E-mail: henrique@ital.org.br
UIN: 8146255
Dúvidas sobre Debian? Visite o Rau-Tu: http://rautu.cipsga.org.br
"One foot to rule them all" - GNOME

Attachment: pgp4cX7fkusIu.pgp
Description: PGP signature


Reply to: