[Date Prev][Date Next] [Thread Prev][Thread Next] [Date Index] [Thread Index]

Re: RAID e LVM



Dutra,

Me desculpe, mas acho que tu estás complicando e querendo render o assim. Se é em detrimento obviamente é uma alternativa, não uso A em detrimento de B, A é uma alternativa a B.

Novamente, uma coisa é RAID seja via software ou hardware, outra coisa é ZFS, então há uma clara distinção quando digo para usar ZFS em vez de RAID, seja via software ou hardware.

Aí a complicação continua, o preciosismo em querer diferenciar referência/conceito de tecnologia.

E sim, estou dizendo que ZFS é melhor do que a utilização de RAID (por software ou hardware) + LVM, independente do modelo de RAID adotado, pois ZFS também faz strip e clone.

Tudo bem se quiser continuar a discussão filosófica da coisa, enquanto eu me propus a oferecer uma solução prática muito mais simples, em qualquer cenário, do que a utilização do par RAID+LVM.

[]'s

Em 9 de junho de 2016 14:09, Guimarães Faria Corcete DUTRA, Leandro <l@dutras.org> escreveu:
2016-06-09 11:07 GMT-03:00 Flavio Menezes dos Reis <flavio-reis@pge.rs.gov.br>:
>
> Acho que não entendeu quando eu me referia à tecnologia RAID em detrimento
> ao cenário do consulente.

Detrimento?  Não entendi assim, apenas uma alternativa.


> Afinal o que eu disse é que o ZFS deveria ser
> observado em vez de RAID+LVM

E o que estou falando é que ZFS não é ‘em vez de Raid’, mas ‘uma
implementação de Raid’.  E que tem suas complexidades também, então
pode não ser adequado para usuários leigos (como o consulente) e em
GNU/Linux (por causa da imaturidade da implementação, além da
complexidade).


> e então começamos a extrapolar as
> carecterísticas da tecnologia RAID.

Veja, acho que o termo ‘tecnologia’ é muito ambíguo.  ZFS faz Raid;
Raid é um conceito, não uma implementação específica.  O que você está
dizendo é que a implementação Raid do ZFS é melhor do que outras; e eu
estou falando (1) que tem de especificar qual o nível de Raid mais
adequado para a situação do consulente, antes de recomentar uma
implementação qualquer, e (2) não necessariamente uma determinada
implementação é melhor para todo mundo, então tem-se de explicar em
que é melhor para a situação do consulente, ao menos em potencial.
Dizer que é (muito) melhor não esclarece nada.


> Sim, quando aos milhões trata-se à Serpro, então, não limite a tecnologia a
> discos baratos.

Ninguém limitou nada.  Só disse o que a sigla significa.


> Com isso imagino que as demais colocações estejam
> esclarecidas, afinal estavamos tratando da tecnologia e não do cenário do
> consulente.

Só na questão do nome, de resto estou sempre com o consulente em mente.


--
skype:leandro.gfc.dutra?chat      Yahoo!: ymsgr:sendIM?lgcdutra
+55 (61) 3546 7191              gTalk: xmpp:leandrod@jabber.org
+55 (61) 9302 2691        ICQ/AIM: aim:GoIM?screenname=61287803
BRAZIL GMT−3  MSN: msnim:chat?contact=leandro@dutra.fastmail.fm




--
Flávio Menezes dos Reis
Analista de Informática
Seção de Infraestrutura de Rede - Assessoria de Informática
Procuradoria-Geral do Estado do RS
(51) 3288 1764

Reply to: