[Date Prev][Date Next] [Thread Prev][Thread Next] [Date Index] [Thread Index]

Re: RES: Clone de micro = ghots



On Tue, 2005-10-25 at 12:10 -0200, Thadeu Penna wrote:
> On Tue, 25 Oct 2005, Datacom - Tavares wrote:
> > On Tue, 2005-10-25 at 11:04 -0200, Thadeu Penna wrote:
> >> Já fiz instalações em massa com o partimage, fai e replicator e respondo a
> >> seis mensagens por mês nesta lista sobre este assunto. Vou tentar resumir
> >> minhas impressões (não vou comentar o dd pois imagino que queira fazer a
> >> instalação pela rede):
> >
> > Eh possivel usar o dd pela rede tanto com o netcat quanto com uma
> > conexao criptografada. Nao descarte ele pois eh uma opcao muito simples
> > e pode ser bem pratica.
> 
> Já não ficou tão simples :) Já tem que usar o netcat...

Aqui tem os comandos e toda a explicacao..
http://www.inference.phy.cam.ac.uk/saw27/notes/backup-hard-disk-partitions.html
.. e eh muito simples sim.. :)


> >> c) replicator: rápido e o mais fácil de configurar.
> >> Não é tão flexível  quanto o fai mas o investimento inicial é bem menor.
> >> Faz a imagem de um micro já instalado e que é recomendado que não seja
> >> modificado. É recomendável o conhecimento de programação em bash ou perl,
> >> etc.. para criar scripts de configuração. Usa o rsync.
> >>
> >> No seu caso, sem dúvida partiria para o replicator...
> >
> > Pois eh, mas o replicator faz uma copia em nivel de arquivos, enquanto o
> > partimage, dd, etc, faz copia direto dos blocos do disco.
> >
> > Acho que para o caso de ficar restaurando a toda hora sem se preocupar
> > com reconfigurar o sistema, uma copia em mais baixo nivel seria o
> > ideal..
> >
> 
> Você não precisar reconfigurar nada: fica quase tudo por conta do 
> discover, etc. Muito menos ainda se as máquinas são iguais, como é 
> o caso.
> 
> Fazendo cópias de arquivos, você tem maior flexibilidade 
> na divisão das partições (comparado com o partimage). Você pode ter um 
> esquema de particionamento na máquina a ser replicada que é diferente da 
> máquina modelo.

Dah muita margem a erros..
Eh o tipo de coisa que precisas testar algumas vezes antes de botar em
pratica.
Nao podes simplesmente mandar dar um rsync ou tar ou seja lah o que for
direto na raiz..
E o /dev? E o /proc? Muita coisa deve ser levada em conta..

Com o replicator, como fica o boot? o rsync nao vai escrever ele? Como
ficam as definicoes de particoes? Este tipo de coisa nao serah clonada?


> > Para copias em nivel de arquivos, o Unison eh uma ferramenta muito
> > interessante e que agora possui uma interface grafica que facilita
> > bastante e evita erros..
> >
> 
> Eu só coloquei que o replicator usa o rsync para comparação. O 
> usuário instalador não precisa saber usar o rsync. Lembre-se que estamos 
> procurando instaladores em massa e automatizados, logo uma interface 
> gráfica não vai ajudar em nada  - você não quer clicar em 30 Ok's, certo 
> :) Você colocar o cd ou o floppy de instalação e volta com a máquina 
> pronta (o fai não pergunta nada, o replicator pede a senha de root, nome 
> da máquina  e para confirmar o reparticionamento).
> 
> Esqueci de outro detalhe: se a instalação não é muito grande (em número de 
> pacotes), você pode usar o fai-cd (faz um partial mirror no cd e instala a 
> partir dele). Outra vantagem do fai é que você coloca o nome dos pacotes, 
> se preferir instalar o etch vai ter os pacotes do dia da instalação.

Tenho certeza de que o Unison nao eh a ferramenta correta, apenas o
citei, jah que eh uma ferramenta de sincronismo muito util, two-way (ao
contrario do rsync) e pouco conhecida.

Para ti, por exemplo, otima para sincronizar diretorios entre sua
maquina em casa e na faculdade.

Mas tenho uma pergunta aqui..
Tem uma outra ferramenta amplamente utilizada chamada UDPCast.. Pq
ninguem a mencionou?

Nao tenho conhecimento sobre o UDPCast, mas fazer uma imagem com o dd e
escreve-la utilizando o UDPCast pode ser uma saida..

E dump de filesystem? Pq ninguem costuma fazer isto?



-- 

[]
JA Tavares



Reply to: