[Date Prev][Date Next] [Thread Prev][Thread Next] [Date Index] [Thread Index]

WML



Olá amigo kov!

	Aqui estão mais alguns arquivos .wml para serem atualizados no cvs:

  - index_weekly.wml ==>  /webwml/portuguese/News/weekly/2002/14/index.wml (NÃO esqueça de renomear!)
  - index_devel.wml ==>  /webwml/portuguese/devel/index.wml (NÃO esqueça de renomear!)
  - why_debian.wml ==>  /webwml/portuguese/intro/why_debian.wml
  - related_links.wml ==>  /webwml/portuguese/misc/related_links.wml
  - index_releases.wml ==>  /webwml/portuguese/releases/index.wml (NÃO esqueça de renomear!)

Obrigado.

[]s!


-- 
+~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~+
+    Marcelo Gomes de Santana - DarkStar - Linux User #208778      +
+            Debian GNU/Linux - <http://www.debian.org>            +
+  O Linux que você procura!! - <http://debian-br.cipsga.org.br>   +
+~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~+


A lisonja da posteridade não vale muito mais do que a lisonja em vida, que não vale nada

--Jorge Luis Borges
#use wml::debian::weeklynews::header PUBDATE="2002-04-03" SUMMARY="Apache, Debconf/LDAP, Debian Jr., OASIS, Eleição do DPL, Cache de Compilador, Instalador"
#use wml::debian::translation-check translation="1.5"

<p>Bem vindo à décima quarta edição da DWN desse ano, a newsletter semanal
para a comunidade Debian. Já que a segunda feira foi dia primeiro de abril,
aqui está <a
href="http://lists.debian.org/debian-devel-0203/msg02337.html";>a mentirinha
de primeiro de abril</a> do Debian desse ano, que foi muito mais
engraçada que a do ano passado. Por falar nisso, aqui estão as
da 
<a href="http://www.cs.helsinki.fi/linux/linux-kernel/2002-13/0063.html";>\
linux-kernel</a>, <a
href="http://slashdot.org/articles/02/04/01/1452256.shtml";>Slashdot</a> e <a
href="http://qtconsole.nl.linux.org/";>fanáticos por Qt holandeses</a>.  <a
href="http://www.cpan.org/";>CPAN</a> anunciou sua mudança para Java e o <a
href="http://freshmeat.net/";>freshmeat.net</a> mudou verde/branco para
preto.</p>

<p><strong>Problemas do Debian, Futuro do Debian.</strong> Eduard Bloch 
enviou um <a
href="http://lists.debian.org/debian-devel-0203/msg01966.html";>relatório</a>
listando alguns dos problemas do Debian. O Eduard acredita que é hora
de apontar algumas das coisas ruins do Debian, que tem de ser exterminadas
ou o sistema inteiro irá entrar em colapso, mais cedo ou mais tarde.
Algumas pessoas concordaram em adiar as discussão para depois do lançamento
do Woody.</p>

<p><strong>Debian Apache 2.0.34.</strong> Thom May <a
href="http://lists.debian.org/debian-apache-0202/msg00029.html";>anunciou</a>
a disponibilidade dos pacotes Debian para o Apache 2.0.32, que já foram
substituídos por pacotes da versão 2.0.34. Já que esse é o Apache2,
eles ainda não foram incluídos no repositório do Debian. Você pode,
no entanto, baixar os pacotes da <a
href="http://pandora.debian.org/~thom/apache2/";>página</a> do Thom.  
Por favor não use o  <a href="http://bugs.debian.org/";>Bug Tracking
System</a> mas envie comentários para a lista <a
href="mailto:debian-apache@lists.debian.org";>debian-apache@lists.debian.org
</a>.</p>

<p><strong>Backend LDAP para o Debconf.</strong> Matthew Palmer fez um <a
href="http://lists.debian.org/debian-beowulf-0202/msg00041.html";>lançamento
inicial</a> do debconf-ldap, um backend LDAP para o debconf. Ele permite
que você guarde configuração de todo um cluster em um repositório
central e até mesmo que você guarde configurações específicas de máquinas
em um repositório separado. Você pode baixar os pacotes do Mathew <a
href="http://ieee.uow.edu.au/~mjp16/debian/dists/mjp16/main/binary-i386/";>aqui</a>.
Ele está procurando comentários, por favor os envie para <a
href="mailto:mjp16@ieee.uow.edu.au";>mjp16@ieee.uow.edu.au</a>.</p>

<p><strong>Guia Rápido Debian Jr.</strong> Derek Neighbors e Ben Armstrong
escreveram o <a href="http://people.debian.org/~synrg/junior-doc/quickguide/";>\
Guia Rápido Debian Jr.</a> que serve para aqueles que querem guiar crianças
a usarem o Debian Jr., particularmente aqueles que ainda não o conhecem
e estão planejando instalá-lo. Partes do documento são úteis para o
administrador do sistema também. Por favor envie comentários para <a
href="mailto:synrg@debian.org";>Ben Armstrong</a>.</p>

<p><strong>Documentos Acadêmicos no Debian.</strong> C.M. Connelly fez um <a
href="http://lists.debian.org/debian-legal-0203/msg00104.html";>pesquisa</a> 
sobre pacotes que contém documentos acadêmicos como parte de sua documentação.
O sentimento dela é de que não se deve dar importância a documentos históricos
e congelados descrevendo um estágio antigo ou aprofundado do software que 
não sejam documentação do dia-a-dia. Ela levanta a questão de se a inclusão
deles no pacote fonte é suficiente para assumir que a sua distribuição é
legal sob os termos do copyright do pacote como um todo.</p>

<p><strong>Debian Entra no OASIS.</strong> Mark Johnson <a
href="http://lists.debian.org/debian-devel-0203/msg00660.html";>iniciou</a>
um esforço para que o Projeto Debian entrasse na <a
href="http://www.oasis-open.org/";>OASIS</a> (Organization for the Advancement
of Structured Information Standards - Organização para o Avanço de Padrões
de Informação Estruturada).  Rapidamente ele conseguiu levantar <a
href="http://lists.debian.org/debian-sgml-0203/msg00041.html";>fundos</a>
suficientes para que o Debian fosse a primeira distribuição GNU/Linux a
se juntar ao grupo. A OASIS é um consórcio internacional para criar
especificações de indústria inter-operáveis baseada nos padrões públicos
como o XML, <a
href="http://www.oasis-open.org/committees/entity/background/9401.html";>SGML</a>
e <a href="http://www.oasis-open.org/docbook/";>DocBook</a>, que são
partes integrantes da <a
href="http://people.debian.org/~mrj/sgml-policy-draft/";>Infraestrutura
Debian SGML.</a>.

<p><strong>Retirar o SSH não-livre.</strong> Aaron Ucko <a
href="http://lists.debian.org/debian-ssh-0203/msg00005.html";>acredita</a> 
que não há uma boa razão para manter o ssh-nonfree. Por um tempo, a
vantagem sobre o OpenSSH foi o suporte a Kerberos, que já está incluso
no OpenSSH também. Já que ninguém foi contra, o Aaron depois lançou uma <a
href="http://lists.debian.org/debian-ssh-0203/msg00008.html";>proposta de
transição</a> para implementar uma transição tranquila para nossos usuários.
</p>

<p><strong>Pesquisa sobre e Licença teTeX.</strong> A C.M. Connelly esteve <a
href="http://www.eskimo.com/~c/debian/tetex-doc-analysis.html";>conferindo</a>
a licença de em torno de trezentos arquivos de documentação inclusos com
os pacotes teTex do Debian para verificar se esses arquivos podem ser
distribuídos com o Debian. Ela encontrou em torno de <a
href="http://lists.debian.org/debian-tetex-maint-0203/msg00219.html";>trinta</a>
arquivos que, ou não podem ser distribuídos de maneira alguma ou não são
livres. Em muitos casos, os arquivos de documentação não continham informação
específica sobre a licença, então a informação de licença do pacotes inteiro
ou do fonte se aplica para a documentação também. O autor informou que
esses problemas podem ser resolvidos mais cedo ou mais tarde.</p>

<p><strong>Atualização sobre a Eleição de Líder do Projeto.</strong> 
É incrível que o sistema de votações seja reescrito durante a mesma,
mas as coisas parecem estar funcionando bem. Manoj Srivasta <a
href="http://lists.debian.org/debian-vote-0203/msg00260.html";>relata</a> 
que os scripts que são necessários para processar os votos estão quase
prontos, e que <a
href="http://lists.debian.org/debian-vote-0203/msg00259.html";>as confirmações
e negativas automatizadas</a> já estão sendo enviadas. Ele também lançou uma
<a
href="http://lists.debian.org/debian-vote-0203/msg00266.html";>declaração</a>
que cobre a contabilização dos votos da votação secreta. Cada votante
receberá um token secreto, que foi <a
href="http://lists.debian.org/debian-vote-0203/msg00265.html";>introduzido</a>
por Anthony Towns. Com esse método o voto secreto pode ser verificado a
partir dos resultados públicos da votação. Aqui estão as <a
href="http://master.debian.org/~srivasta/leader2002.html";>estatísticas</a>.</p>

<p><strong>Cache de Compiladores para os Buildds?</strong> Paul Russell <a
href="http://lists.debian.org/debian-devel-0203/msg02310.html";>pensou</a>
se seria uma boa idéia instalar o Cache de Compilador do Andrew Tridgell nas
máquinas buildd. Teoricamente, isso parece uma boa idéia. No entanto, o
cache teria de ter vários Gigabytes, já que há 5.000 pacotes fonte.
Mesmo se o pacote binário tem apenas alguns poucos MBs, o fonte do glibc
<a href="http://lists.debian.org/debian-devel-0204/msg00055.html";>toma</a>
em torno de 600&nbsp;MB e o do XFree86 toma 1.6&nbsp;GB. Um cache deveria
cobrir, pelo menos, esses pacotes grandes e que tomam tempo, que têm de
ser reconstruídos regularmente.</p>

<p><strong>Um Novo Instalador para o Debian?</strong> A Linux User
Magazine da Alemanha iniciou um
 <a href="http://www.linux-user.de/Info/help-debian.html";>\
esforço</a> para criar um novo instalador para o Debian. Eles acreditam
que o instalador atual é o mais complicado de todas as distribuições
GNU/Linux mas que o sistema de empacotamento é ótimo. Portanto, eles
gostariam de criar um sistema de instalação mais fácil, com os usuários
novatos como público alvo. Aqueles que se interessarem devem enviar
<a href="http://www.linux-user.de/Forum/debian/";>\
comentários</a> e conferir o <a
href="http://cvs.debian.org/debian-installer/doc/";>novo instalador</a> 
que foi adiado para depois que o Woody for lançado.</p>

<p><strong>Nova Revisão do Stable Lançada..</strong> Joey finalmente <a
href="$(HOME)/News/2002/20020403">lançou</a> outra revisão (r6) do Debian
GNU/Linux 2.2 (nome código `potato').  Essa revisão adiciona nada além de
23 atualizações de segurança à distribuição estável do Debian, cobrindo
pacotes como analog, glibc, gnujsp, gzip, listar, mod_ssl, ncurses, php, 
sudo, uucp e xchat. Algumas correções importantes foram adicionadas também,
o que cobre pacotes como dump, man2html, nfs, samba e squid. Veja a <a
href="http://people.debian.org/~joey/2.2r6/";>página de preparação</a> 
para detalhes.</p>

<p><strong>Atualizações de Segurança.</strong> Você conhece o costume.
Assegure-se de atualizar seus sistemas se tiver quaisquer desses pacotes
instalados.</p>

<ul>
<li><a href="$(HOME)/security/2002/dsa-125">analog</a> --
    Scripting através de sites distintos.
</ul>

<p><strong>Pacotes Novos ou Notáveis.</strong> Os pacotes a seguir
foram adicionados ao repositório Debian recentemente.</p>

<ul>
<li><a href="http://packages.debian.org/unstable/web/album.html";>album</a> 
    -- Gerador de album HTML de fotos com suporte a temas.
<li><a href="http://packages.debian.org/unstable/net/amap.html";>amap</a> 
    -- Ferramenta de detecção de protocolo de rede.
<li><a href="http://packages.debian.org/unstable/libs/beecrypt2.html";>beecrypt2</a> 
    -- Uma biblioteca C de código aberto para algorítimos criptográficos.
<li><a href="http://packages.debian.org/unstable/net/corkscrew.html";>corkscrew</a> 
    -- Tunelador de conexões TCP através de proxies TCP.
<li><a href="http://packages.debian.org/unstable/games/crystalspace.html";>crystalspace</a> 
    -- Kit de Desenvolvimento de Jogos 3D Multi-plataforma.
<li><a href="http://packages.debian.org/unstable/utils/gpa.html";>gpa</a> 
    -- O Assistente de Privacidade GNU.
<li><a href="http://packages.debian.org/unstable/admin/keynote.html";>keynote</a> 
    -- Sistema de Gerenciamento de Confiança Descentralizado.
<li><a href="http://packages.debian.org/unstable/mail/kuvert.html";>kuvert</a> 
    -- Um wrapper que encripta ou envia emails enviados.
<li><a href="http://packages.debian.org/unstable/mail/melon.html";>melon</a> 
    -- Notificador de emails com ícones configuráveis, substituto para o xbiff.
<li><a href="http://packages.debian.org/unstable/misc/ndiff.html";>ndiff</a> 
    -- Compara dois scans do nmap.
<li><a href="http://packages.debian.org/unstable/admin/nvtv.html";>nvtv</a> 
    -- Ferramenta para controlar os chips de TV em placas NVidia no Linux.
<li><a href="http://packages.debian.org/unstable/net/nwatch.html";>nwatch</a> 
    -- Detector de serviços de rede.
<li><a href="http://packages.debian.org/unstable/net/pnscan.html";>pnscan</a> 
    -- Scanner de ports multi-threads.
<li><a href="http://packages.debian.org/unstable/net/popcheck.html";>popcheck</a> 
    -- Pequena ferramenta para visualizar e deletar mensagens em um servidor POP3.
<li><a href="http://packages.debian.org/unstable/net/rain.html";>rain</a> 
    -- Construtor de pacotes para testar implementação de protocolos IP.
<li><a href="http://packages.debian.org/unstable/net/shorewall.html";>shorewall</a> 
    -- Firewall Shoreline.
<li><a href="http://packages.debian.org/unstable/web/tomcat4.html";>tomcat4</a> 
    -- Engine Java Servlet 2.3 com suporte a JSP 1.2.
</ul>

<p><strong>Pacotes Órfãos.</strong> 6 pacotes foram abandonados essa semana
e precisam de um novo mantenedor. Isso perfaz um total de 115 pacotes órfãos.
Por favor veja as <a href="$(HOME)/devel/wnpp/">páginas WNPP</a> para a
lista completa, e por favor adicione uma nota ao relatório de erros e
mude o título para ITA: se você planeja adotar o pacote.</p>

<ul>
<li> <a href="http://packages.debian.org/unstable/editors/emacs-dl-canna.html";>emacs-dl-canna</a>
     -- Módulo DL Canna para emacs20-dl.
     (<a href="http://bugs.debian.org/140997";>Bug#140997</a>)</li>
<li> <a href="http://packages.debian.org/unstable/editors/emacs-dl-wnn.html";>emacs-dl-wnn</a>
     -- Módulo DL Wnn para emacs20-dl.
     (<a href="http://bugs.debian.org/140998";>Bug#140998</a>)</li>
<li> <a href="http://packages.debian.org/unstable/editors/emacs20-dl.html";>emacs20-dl</a>
     -- O Editor GNU Emacs. (Carregamento Dinâmico Suportado).
     (<a href="http://bugs.debian.org/141006";>Bug#141006</a>)</li>
<li> <a href="http://packages.debian.org/unstable/non-us/kdebase-crypto.html";>kdebase-crypto</a>
     -- Módulo de controle de criptografia KDE.
     (<a href="http://bugs.debian.org/140614";>Bug#140614</a>)</li>
<li> <a href="http://packages.debian.org/unstable/non-us/kdelibs3-crypto.html";>kdelibs-crypto</a>
     -- Bibliotecas centrais de criptografia KDE.
     (<a href="http://bugs.debian.org/140616";>Bug#140616</a>)</li>
<li> <a href="http://packages.debian.org/unstable/x11/penguineyes.html";>penguineyes</a>
     -- Uma versão GTK do xeyes.
     (<a href="http://bugs.debian.org/140865";>Bug#140865</a>)</li>
</ul>

<p><strong>Viu Mais Notícias?</strong> Por favor mantenha-nos informados!
Nós estamos sempre buscando histórias interessantes, principalmente as
escritas por voluntários para adicionar. Esperamos seu email em <a
href="mailto:dwn@debian.org";>dwn@debian.org</a>.</p>

#use wml::debian::weeklynews::footer
#use wml::debian::template title="Canto dos Desenvolvedores" BARETITLE="true"
#use wml::debian::translation-check translation="1.114" translation_maintainer="Gustavo Noronha"
#use wml::debian::card

# $Id: index.wml,v 1.114 2002/04/09 10:31:22 darkstar Exp $

<p>A informação dessa página, enquanto pública, será primeiramente do interesse
dos desenvolvedores do Debian.</p>

<hrline>

<table width="100%" border="0" cellspacing="0" cellpadding="15" bgcolor="#BBDDFF">
<tr>
<td width="50%" valign=top>

  <card name="Básico">
      <dl>
        <dt><strong><a href="$(HOME)/intro/organization">Organização Debian</a></strong></dt>

        <dd>
	A organização tem muitos pontos de acesso e muitas pessoas. Essa 
	página explica quem contactar sobre um aspecto específico do Debian
	e quem deve responder.
        </dd>
      </dl>
      
      <dl>
        <dt><strong><a href="people">As Pessoas</a></strong></dt>

        <dd>
	Essa é uma listagem compreensiva de todos os desenvolvedores
	Debian associados com pacotes que mantêm. Você pode também
	ver o <a href="developers.loc">mapa mundi dos desenvolvedores Debian</a>.
        </dd>
      </dl>

      <dl>
        <dt><strong><a href="join/">Entrando para o Debian</a></strong></dt>

        <dd>
	O Projeto Debian consiste de voluntários e nós estamos geralmente
	procurando por novos desenvolvedores que tenham algum conhecimento
	técnico, interesse em software livre e algum tempo livre. Você pode
	ajudar o Debian também, olhe a página linkada acima.
        </dd>
      </dl>

      <dl>
        <dt><strong><a href="http://db.debian.org/";>Banco de Dados de Desenvolvedores</a></strong></dt>

        <dd>
	O banco de dados contém dados básicos acessíveis a todos e dados mais
	privados acessíveis apenas para desenvolvedores. Use a
        Use the <a href="https://db.debian.org/";>versão SSL</a> para
	acessá-lo se você pretende se logar.

        <p>Usando o banco de dados, você pode ver uma lista de
        <a href="http://db.debian.org/machines.cgi";>máquinas do projeto</a>,
        <a href="extract_key">pegar a chave GPG de qualquer desenvolvedor</a>,
        <a href="http://db.debian.org/password.html";>mudar sua senha</a>
        or <a href="http://db.debian.org/forward.html";>aprender como configurar
	o forwarding do email</a> para sua conta Debian.</p>

        <p>Se você usará uma das máquinas Debian tenha certeza de ter lido
	as  <a href="dmup">Políticas de Uso de Máquinas Debian.</a>.</p>
        </dd>
      </dl>

      <dl>
        <dt><strong><a href="constitution">A Constituição</a></strong></dt>

        <dd>
	O documento de maior importância para a organização, descrevendo 
	a estrutura organizacional para tomadas de decisões formais no 
	Projeto.
        </dd>
      </dl>

      <dl>
        <dt><strong><a href="$(HOME)/vote/">Informações sobre Votações</a></strong></dt>

        <dd>
	Tudo que você sempre quis saber sobre como elegemos nossos líderes,
	escolhemos nossos logos e em geral, como votamos.
        </dd>
      </dl>

# this stuff is really not devel-only
      <dl>
        <dt><strong><a href="$(HOME)/releases/">Releases</a></strong></dt>

        <dd>
	Essa é a lista de releases antigas e atuais, algumas das quais
	têm informações detalhadas em páginas separadas.

        <p>Você pode também pular diretamente para a
        <a href="$(HOME)/releases/stable/">área da release stable</a>, e
        <a href="$(HOME)/releases/testing/">área da distribuição 
	testing</a>.</p>
        </dd>
      </dl>

      <dl>
        <dt><strong><a href="$(HOME)/ports/">Arquiteturas Diferentes</a></strong></dt>

        <dd>
	O Debian roda em muitos tipos de computadores (Intel e compatíveis
	foram apenas os <em>primeiros</em>) e os mantenedores de nossos 
	`ports' têm algumas páginas úteis. Dê uma olhada, talvez você 
	queira comprar algum outro pedaço de metal nomeado estranhamente 
	para você.
        </dd>
      </dl>

    </card>

</td>

<td width="50%" valign=top>
  <card name="Empacotando">

      <dl>
        <dt><strong><a href="$(DOC)/debian-policy/">Manual de Políticas Debian</a></strong></dt>
        <dd>
	Esse manual descreve os requerimentos de políticas para o Debian GNU/Linux.
	Isso inclui a estrutura e o conteúdo do repositório Debian, vários 
	assuntos sobre o design do sistema operacional, assim como requerimentos
	técnicos que cada pacote deve satisfazer para ser incluído na distribuição.

        <p>Resumindo, você <strong>precisa</strong> lê-la.</p>
        </dd>
      </dl>

      <p>Há vários documentos relacionados à política que devem ser de 
      seu interesse, como:</p>
      <ul type=disc>
        <li><a href="http://www.pathname.com/fhs/";>Filesystem Hierarchy Standard</a> (FHS)
        <br>O FHS é uma lista dos diretórios (ou arquivos) onde as coisas devem ser
	colocadas e a compatibilidade com ele é requerido pela Política 
	3.x.</li>
        <li>Lista de <a href="$(DOC)/packaging-manuals/build-essential">pacotes build-essential</a>
        <br>Os pacotes build-essential são pacotes que se espera que você tenha
	antes de tentar construir qualquer pacote ou um conjunto de pacotes que
	você não tem de incluir na linha <code>Build-Depends</code> do seu pacote.</li>
        <li><a href="$(DOC)/packaging-manuals/menu-policy/">Sistema de Menu</a>
        <br>Programas que tem uma interface que tem uma interface e que não precisam
	ter argumentos especiais na linha de comando para um funcionamento normal 
	devem ter uma entrada de menu registrada.
	Verifique a <a href="$(DOC)/packaging-manuals/menu.html/">documentação do sistema
	de menu</a>, também.</li>
	
	<li><a href="$(DOC)/packaging-manuals/mime-policy/">Suporte a MIME</a>
	<br>Gerenciadores do tipo MIME são usados por outros programas para ver, editar ou
	exibir tipos MIME que eles não suportam diretamente.</li>
        <li><a href="$(DOC)/packaging-manuals/debian-emacs-policy">Política do Emacs</a>
        <br>Espera-se que os pacotes relacionados ao Emacs suportem seus próprios 
	documentos de sub-políticas.</li>
        <li><a href="http://people.debian.org/~opal/java/policy.html/";>Política Java</a>
        <br>O equivalente proposto do de cima, para pacotes relacionados ao 
	Java.</li>
        <li><a href="$(DOC)/packaging-manuals/perl-policy/">Política Perl</a>
        <br>Uma sub-política que cobre tudo relacionado a empacotamento Perl.
	</li>
      </ul>

      <p>Dê uma olhada nas <a href="http://bugs.debian.org/debian-policy";>
      mudanças propostas para a Política</a>, também.</p>

      <p>Note que o antigo Packaging Manual foi quase totalmente integrado 
      nas versões recentes do Manual de Política.</p>

      <dl>
        <dt><strong><a href="$(DOC)/developers-reference/">
        Referência dos Desenvolvedores</a></strong></dt>

        <dd>
	O propósito desse documento é prover uma visão geral dos procedimentos
	recomendados e os recursos disponíveis para os desenvolvedores Debian.
	Outro que é obrigatório.
        </dd>
      </dl>

      <dl>
        <dt><strong><a href="$(DOC)/maint-guide/">Guia dos Novos Mantenedores</a></strong></dt>

        <dd>
	Esse documento descreve a construção de um pacote Debian em uma
	linguagem comum e bem coberta de exemplos que funcionam. Se você
	é um pretendente a desenvolvedor (empacotador), você irá definitivamente
	querer ler isso.
        </dd>
      </dl>

    </card>
</td>
</tr>

<tr>
<td colspan="2" valign=top>
  <card name="Trabalho&nbsp;em&nbsp;Progresso">
      
      <dl>
        <dt><strong><a href="http://bugs.debian.org/release-critical/";>Bugs Críticos para Release</a></strong></dt>

        <dd>
	Essa é uma lista de erros que podem fazer com que um pacote seja
	removido da distribuição "testing", ou em alguns casos
	causar um atraso no lançamento da distribuição. Relatórios de 
	erros com uma severidade acima ou igual a `serious' qualificam-se para
	a lista -- esteja certo de consertar tais erros nos seus pacotes
	assim que você puder.

        <p>Também dê uma olhada na lista de erros 
        <a href="http://master.debian.org/~ajt/oldbugs.html";>
        com mais de dois anos</a>, e ajude-nos a consertá-los.</p>
        </dd>
      </dl>

      <dl>
        <dt><strong><a href="wnpp/">Pacotes que precisam de ajuda</a></strong></dt>
        <dd>
	Pacotes que precisam ser trabalhados e pacotes prospectivos, WNPP em
	resumo, é uma lista de pacotes que precisam de novos mantenedores e
	pacotes que estão por vir ao Debian. Cheque-a se você quer criar,
	adotar ou abandonar pacotes.
        </dd>
      </dl>

      <dl>
        <dt><strong><a href="http://lintian.debian.org/";>Relatórios do Lintian</a></strong></dt>

        <dd>
        O <a href="http://packages.debian.org/unstable/devel/lintian.html";>
        Lintian</a> é um programa que checa se seu pacote está conformante com
	a política ou não. Você deve usá-lo antes de todo upload; há relatórios,
	na página supra citada sobre cada pacote da distribuição.
        </dd>
      </dl>

      <dl>
        <dt><strong><a href="http://ftp-master.debian.org/testing/";>\
	distribuição testing</a></strong></dt>
        <dd>
	A distribuição "testing" é onde você precisa colocar seus pacotes
	para que eles sejam considerados para serem lançados na próxima
	release do Debian.
        </dd>
      </dl>

      <dl>
        <dt><strong><a href="http://incoming.debian.org/";>Diretório Incoming</a></strong></dt>
        <dd>
	Ao invés de entrar por ssh no ftp-master.debian.org para pegar algo
	do diretório incoming, você pode agora acessá-lo por HTTP. 
	<strong>Nota</strong>: Por causa da natureza do Incoming, nós não
	recomendamos fazer mirror dele.
        </dd>
      </dl>

      <dl>
        <dt><strong><a href="http://lists.debian.org/debian-devel-announce/2002/debian-devel-announce-200201/msg00011.html";>The
        Sistema de Acompanhamento de Pacotes</a></strong></dt>
        <dd>
	Para desenvolvedores que querem se manter atualizados sobre outros
	pacotes, o sistema de acompanhamento de pacotes permite que você
	se inscreva (por email) em um serviço que irá enviar cópias de mails
	BTS e notificações de uploads e instalações do pacote a que se 
	inscreveu.
        </dd>
      </dl>

    </card>

</td>
</tr>

<tr>
<td colspan="2" valign=top>
  <card name="Projetos">
      
      <p>O Debian é um grupo grande e assim, ele consiste de vários grupos internos
	e projetos. Aqui estão os mais proeminentes:</p>
      <ul>
	  <li><a href="http://www.debian.org/devel/website/";>Páginas Web 
	  do Debian</a></li>
          <li><a href="http://ftp-master.debian.org/";>Repositório 
	  Debian</a></li>
          <li><a href="$(DOC)/ddp">Projeto de Documentação Debian 
	  (DDP)</a></li>
          <li><a href="http://people.debian.org/~branden/";>Força Tarefa
	  X</a></li>
          <li><a href="http://people.debian.org/~jgg/";>Área Experimental 
	  do APT</a></li>
          <li>O grupo de <a href="http://qa.debian.org/";>Asseguramento 
	  de Qualidade</a></li>
          <li><a href="$(HOME)/CD/">imagens de CD do Debian 
	  GNU/Linux</a></li>
          <li>O <a 
	  href="http://www.internatif.org/bortzmeyer/debian/sponsor/";>programa
	  de apadrinhamento</a></li>
          <li>A página de coordenação 
	  <a href="http://nm.debian.org/gpg.php";>de assinatura de 
	  chaves</a>.</li>
          <li><a href="http://people.debian.org/~csmall/ipv6/";>Projeto 
	  Debian IPv6</a></li>
          <li><a href="debian-jr/">Projeto Debian Jr.</a></li>
      </ul>
      
    </card>
</td>
</tr>

<tr>
<td colspan="2" valign=top>
  <card name="Miscelânea">

      <dl>
        <dt><strong>Convertendo chaves PGP para GPG:</strong></dt>
        <dd>
        Há informação nesse assunto na
        <a href="$(DOC)/developers-reference/ch-developer-duties.en.html#s-key-maint">
        referência dos desenvolvedores</a>. Você pode conseguir informações mais
	úteis em <em>/usr/share/doc/debian-keyring/README.gz</em> sobre
        assinar uma chave GPG com uma PGP.
        </dd>
      </dl>
      
      <p>Links Relacionados:</p>
      <ul>
        <li><a href="passwordlessssh">Configurando ssh para que não peça
                senha</a>.</li>
        <li>Como <a href="$(HOME)/MailingLists/HOWTO_start_list">pedir
	uma nova lista de discussão</a>.</li>
        <li><a href="http://people.debian.org/~wakkerma/oid.html";>Hierarquia
	OID</a> do Debian.</li>
        <li><a href="$(HOME)/logos/">Logos e banners</a> do Debian.</li>
        <li>Informações sobre <a href="$(HOME)/mirror/">fazer mirrors do
	Debian</a>.</li>
        <li>O <a href="http://master.debian.org/~ajt/graph.png";>gráfico de
	erros não wishlist</a>.</li>
	<li>Estatísticas e taxas baseadas no
	<a href="http://www.debian.gr.jp/~kitame/maint.rhtml";>número de
	pacotes e erros</a> para cada desenvolvedor.</li>
        <li><a href="http://auric.debian.org/~tausq/newpkgs.html";>Novos pacotes
	Debian dos últimos 7 dias</a>.
        <li>Gerenciando <a href="cvs_packages">pacotes Debian usando 
	CVS</a>.</li>
	<li><a href="http://buildd.debian.org/";>Sistema de Construção 
	Automática de pacotes</a>.</li>
	<li><a href="http://master.debian.org/~edd/karma.txt";>Karma
        Debian</a>.</li>
        </ul>
      
      <p>Aqui estão alguns links externos interessantes:</p>
      <ul>
          <li><a href="http://www.kernel.org/pub/linux/libs/pam/index.html";>Pluggable
              Authentication Modules</a> &mdash; esquema de autenticação altamente usado</li>
          <li><a href="http://www.linuxbase.org";>Linux Standards Base</a> &mdash;
              padronizando um sistema GNU/Linux básico</li>
          <li><a href="http://www.freestandards.org/ldps/";>Linux Development
              Platform Specification</a> &mdash; para desenvolvimento de 
	      distribuição cruzada</li>
      </ul>

    </card>
</td>
</tr>
</table>
#use wml::debian::template title="Razões para Escolher o Debian"
#use wml::debian::translation-check translation="1.38" translation_maintainer="Gustavo Noronha"

<P>Obrigado por considerar usar o Debian GNU/Linux para rodar em sua
máquina. Se você não está ainda convencido de por que você deve testar
o Debian, considere o que segue:

<DL>
<DT><B>É mantido por seus usuários.</B></DT>
    <DD>Se algo precisa ser consertado ou melhorado, nós apenas fazemos.</DD>
<DT><B>Suporte não-paralelo</B></DT>
    <DD>Email enviado às <A HREF="../MailingLists/">listas de email</A> frequentemente
	têm resposta dentro de 15 minutos (ou menos), de graça e de pessoas
	que o desenvolvem. Compare isso ao suporte telefônico típico: horas
	gastas no telefone, por dinheiro, apenas para falar com alguém que não
	conhece o sistema bem o bastante mesmo para entender sua pergunta.</DD>
<DT><B>O melhor sistema de empacotamente do mundo.</B></DT>
    <DD>Cansado de arquivos velhos de versões velhas de software enchendo
	seu sistema? Ou de instalar um programa apenas para descobrir que
	ele faz seu sistema quebrar por causa de conflitos de software?
	O Dpkg, o forte sistema de empacotamento do Debian,  
	toma conta desses problemas por você.</DD>
<DT><B>Fácil Instalação</B></DT>
    <DD>Se você já ouviu que o GNU/Linux é difícil de instalar,
	então você não experimentou o Debian ultimamente. Estamos
	constantemente melhorando nosso processo de instalação. Você pode
	instalar diretamente do CD, do DOS, de disquetes ou mesmo através
	da rede.</DD>
<DT><B>Incríveis quantidades de software</B></DT>
    <DD>O Debian vem com mais de <A HREF="../distrib/packages">3950 programas
	diferentes</A>. Cada bit dele é <A HREF="free">livre</A>. Se você
	tem software comercial que roda no GNU/Linux, você pode ainda usá-lo -
	na verdade, pode haver até um instalador para ele no Debian que irá
	instalá-lo e configurá-lo automaticamente para você.</DD>
<DT><B>Pacotes bem integrados</B></DT>
    <DD>O Debian ultrapassa todas as outras distribuições em quão bem
    seus pacotes são integrados. Já que todo software é empacotado por
    um grupo coerente, não apenas pode-se encontrar todos os pacotes em
    um único site, mas você pode se assegurar de que já trabalhamos
    em todos os problemas no que tange a dependências complicadas. Apesar
    de acharmos que o formato deb tem vantagens sobre o rpm, é a integração
    entre os pacotes que faz o sistema Debian mais robusto.
<DT><B>Código Fonte</B></DT>
    <DD>Se você é um desenvolvedor de software, apreciará o fato de haver
	centenas de ferramentas de desenvolvimento e linguagens, mais 
	milhões de linhas de código no sistema base. Todo o software da
	distribuição 'main' segue os critérios do 
	<A HREF="../social_contract#guidelines">Debian Free Software Guidelines
	(DFSG)</A>. Isso significa que você pode usar esse código para estudar
	livremente ou para incorporar em novos projetos de software livre.
	Há também muitas ferramentas e código bons para o uso em projetos
	proprietários.</DD>
<DT><B>Atualizações Fáceis</B></DT>
    <DD>Por causa do nosso sistema de empacotamente, atualizar para uma
	nova versão do Debian é muito fácil. Apenas rode <tt>apt-get update ;
	apt-get dist-upgrade</tt> e você pode atualizar de um CD em questão 
	de minutos ou apontar o apt para um dos mais de 150 
	<A HREF="../misc/README.mirrors">mirrors</A> do Debian e atualizar
	pela rede.</DD>
<DT><B>Sistema de Controle de Bugs</B></DT>
    <DD>O <A HREF="http://bugs.debian.org/";>Sistema de Controle de Bugs</A>
	do Debian está disponível publicamente. Não tentamos esconder o
	fato de que o software nem sempre funciona como os usuários querem.
	Os usuários são encorajados a enviar relatórios de bugs e são
	notificados quando o bug for fechado, com uma explicação. Esse
	sistema permite ao Debian responder aos prblemas rápida e
	honestamente.</DD>
</DL>

<P>Se você não é ainda um usuário de GNU/Linux, você pode também ter os
benefícios que seguem:
<DL>
<DT><B>Estabilidade</B></DT>
    <DD>Há muitos casos de máquinas que rodam por mais de um ano sem
	serem reiniciadas. Mesmo então, elas só são reiniciadas por
	falta de energia ou para atualização de hardware. Compare isso
	a outros sistemas que quebram muitas vezes por dia.</DD>
<DT><B>Rápido e leve com a memória</B></DT>
    <DD>Outros sistemas operacionais podem ser tão rápidos em uma ou
	duas áreas, mas sendo baseado em GNU/Linux, o Debian é confiável
	e leve. Softwares de Windows que rodam no GNU/Linux usando um 
	emulador, algumas vezes rodam <b>mais rápido</b> que quando 
	rodados em ambiente nativo.</DD>
<DT><B>Drivers para a maioria do hardware são escritos pelos usuários de
	Linux, não pelos fabricantes.</B></DT>
    <DD>Enquanto isso pode significar demoras antes que novos hardwares
	sejam suportados e falta de suporte a algum hardware, isso permite
	que o suporte ao hardware seja mantido até bem depois da parada
	de produção pelo fabricante ou da saída do fabricante do mercado.
	A experiência tem mostrado que drivers livres são normalmente 
	bem melhores que os proprietários.</DD>
<DT><B>Boa segurança do sistema</B></DT>
    <DD>O Windows&nbsp;95 não tem, essencialmente, nenhuma segurança.
	O NT mostrou-se bem ruim também. Depois de anos de desenvolvimento
	o GNU/Linux está se tornando muito seguro e o Debian se beneficia
	disso. Também, o Debian é muito responsivo em se assegurar que consertos 
	para problemas de segurança entrem na distribuição rapidamente 
	(normalmente tendo pacotes enviados dentro de poucos dias).
    <BR>A história mostrou que 'segurança através da obscuridade' não
	funciona. A disponibilidade de código fonte permite que a segurança
	no Debian seja medida em uma configuração aberta que evita que modelos
	pobres de segurança sejam implementados.</DD>
<DT><B>Software de Segurança</B></DT>
    <DD>Muitos não sabem, qualquer coisa enviada pela internet pode
	ser vista por qualquer máquina entre você e o receptor. O Debian
	tem pacotes do famoso software GPG (e PGP) que permite que o 
	email seja enviado privativamente entre os usuários. Em adição,
	o ssh permite que você crie conexões seguras a outras máquinas
	que têm o ssh instalado.</DD>
</DL>

<P>Claro que o Debian não é perfeito. Há quatro áreas que são causas 
comuns de reclamações:
<DL>
<DT><I>"O <A HREF="../releases/stable/i386/dselect-beginner">Dselect</A>
    (o front-end para o sistema de empacotamento do Debian, dpkg) é confuso
	para se aprender."</I></DT>
    <DD>Essa é uma área ativa de trabalho. O novo gerenciador de pacotes
	do Debian, APT, foi desenhado como a fundação para um frontend
	melhor e está recebendo avaliações entusiasmadas. As características
        do APT são ordenamento de instalação completa, capacidade de ter
        múltiplas fontes e várias outras. Interfaces mais amigáveis e
        atrativas estão sendo desenvolvidas para
	o APT.</DD>
<DT><I>"Falta de software comercial popular."</I></DT>
    <DD>É bem verdade que softwares populares, como o Word ou Excel,
    não estão disponíveis para o GNU/Linux. Há, no entanto, programas
    que os substituem a maioria deles
     (<a href="http://www.abisource.com/";>Abiword</a> e
    <a href="http://www.gnome.org/projects/gnumeric/";>Gnumeric</a>, por
    exemplo), criados para imitar as melhores características dos programas
    proprietários, com o valor agregado de serem <a href="free">software
    livre</a>.

    <p>Software comercial está aparecendo em números maiores, também,
    na medida em que mais empresas descobrem o poder do GNU/Linux
    e seu grande mercado com uma base de usuários crescendo rapidamente
    (Já que o GNU/Linux é distribuível livremente, número de vendas
    não pode ser usado para estimativas de usuários. As melhores
    estimativas são de que o GNU/Linux tem 5% do mercado, dando
    15 milhões de usuários no início de 2001). Por exemplo, Netscape
    e o JDK da Sun estão disponíveis para GNU/Linux. 

	<p>A falta de suites de office não devem mais ser um problema pois 
	há agora muitas delas: 
	<a href="http://www.vistasource.com/products/axware/";>Applixware
        (Anyware)</A>, <A HREF="http://www.sun.com/staroffice/";>StarOffice</A>,
	 <A HREF="http://linux.corel.com/products/wpo2000_linux/";>Corel
	 WordPerfect Office 2000</A>,
	 <a href="http://www.hancom.com/";>Hancom Office</a>,
	 <a href="http://xibios.free.fr/";>Axene</a> e outras.
	De fato, versões futuras do Debian incluirão o 
	<a href="http://www.koffice.org/";>KOffice</a>, uma suíte de office nova
	composta de <a href="free">software livre</a>.

	<p>Para aqueles interessados em bancos de dados, o Debian vem com dois
	bancos de dados populares: <A HREF="http://www.mysql.com/";>mySQL</A> e
	<A HREF="http://www.postgresql.org/";>PostgreSQL</A>. Claro, se seu
	chefe forçá-lo a usar aplicações comerciais,
	<a href="http://otn.oracle.com/tech/linux/content.html";>Oracle</a>,
	<a href="http://www-3.ibm.com/software/data/informix/";>Informix</a>,
	<a href="http://www.ibm.com/software/data/db2/linux/";>IBM DB2</a>,
	<a href="http://www.sap.com/sapdb/";>SAP DB</a> e várias outras
	estão disponíveis para GNU/Linux.
</DD>
<DT><I>"O GNU/Linux é difícil de configurar."</I></DT>
    <DD>Note que isso diz configurar, não instalar, já que algumas pessoas
	acham a instalação inicial do Debian mais fácil que a do Windows.
	Muito hardware (impressoras por exemplo) poderia ser mais fácil
	de configurar, no entanto. Também algum software poderia ter um
	script que guiasse o usuário através da configuração (pelo menos
	para as configurações mais comuns). Esta é uma área na qual se
	está trabalhando.
</DD>
<DT><I>"Nem todo hardware é suportado."</I></DT>
    <DD>Particularmente, hardware realmente novo, realmente velho
	ou raro. Também hardware que é dependente de um "driver" 
	complexo que o fabricante só provê para plataformas Windows
	(software modems por exemplo). No entanto, na maioria dos
	casos, hardware equivalente está disponível que
	funciona com o Linux. Algum hardware não é suportado porque
	o vendedor escolhe não tornar as especificações do hardware
	disponíveis. Esta é também uma área que está sendo trabalhada.</DD>
</DL>

<P>Se o que está acima não é o bastante para convencê-lo a usar o Debian,
considere o seguinte: custo baixo (tanto quanto uma ligação telefônica),
fácil instalação e multi-tarefa real que pode facilmente dobrar sua 
produtividade. Como você poderia não testá-lo?

# <P>Links relacionados:
# http://alexsh.hectic.net/debian.html
#use wml::debian::template title="Páginas Relacionadas"
#use wml::debian::translation-check translation="1.10"

<P>A lista a seguir contém informações que podem ser do interesse dos usuários de Debian.

<UL>
 <LI><A HREF="#dfsgsw">Softwares que são compatíveis com as DFSG</A>
 <LI><A HREF="#basedon">Versões do GNU/Linux baseados no Debian</A>
 <LI><A HREF="#misclinux">Links variados sobre GNU/Linux</A>
 <LI><A href="#lugs">Grupos de Usuários de GNU/Linux</A>
 <LI><A href="#unix">Informações Gerais sobre o Unix</A>
 <LI><A href="#otherfreeos">Outros projetos de Sistemas Operacionais Livres</A>
</UL>


<HR>

<H2><a name="dfsgsw">Softwares</a> que são compatíveis com as
    <A HREF="../social_contract#guidelines">DFSG</A></H2>

<DL>
<DT><A href="http://www.kernel.org/";>Linux</A>
  <DD>O kernel por detrás do Debian GNU/Linux.

<DT><A href="http://www.gnu.org/";>GNU</A>
  <DD>A maioria dos programas utilitários no Debian são do projeto GNU.

<DT><A HREF="http://www.X.org/";>X Window System</A>
  <DD><A href="http://www.xfree86.org/";>O XFree86, Inc.</A> mantém uma implementação
	livre e muito boa do X Window System para diversas variantes do Unix.

<DT><A href="http://www.apache.org/";>Apache</A>
  <DD>O webserver mais usado no mundo.

<DT><A href="http://www.perl.org/";>Perl</A>
  <DD>Considerada formalmente como "Linguagem Prática de Extração e Relatório" (Practical Extraction and Report Language), o Perl é uma linguagem de scripting muito usada.

<DT><A href="http://www.gnome.org/";>GNU Network Object Model Environment (GNOME)</A>
  <DD>O GNOME pretende construir um desktop completo e amigável inteiramente baseado
	em software livre.
</DL>


<HR>

<H2><a name="basedon">Versões do GNU/Linux baseadas no Debian</a></H2>

<UL>
  <LI>Debian JP, <url "http://www.debian.or.jp/";> [em Japonês]

# <LI>Eagle Linux m68k,
# <url "http://www.eagle-cp.com/www/m68k.html";> [em Alemão]

  <LI>PingOO, <url "http://www.linuxedu.org/";>

  <LI>Linux-YeS, <url "http://eugene.mplik.ru/doc/lys/";>

  <LI>M.N.I.S. Linux, <url "http://www.mnis.fr/";>

  <LI>Linux Router Project, <url "http://www.linuxrouter.org/";>

  <LI>Stormix Technologies' Storm Linux, <url "http://www.stormix.com/";>

  <LI>Corel Linux, <url "http://linux.corel.com/";>

  <LI>Floppix, <url "http://floppix.ccai.com/";>

  <LI>Dlite, <url "http://opensrc.org/dlite/dlite.html";>

  <LI>Libranet, <url "http://www.libranet.com/";>

  <LI>Progeny Linux, <url "http://www.progeny.com/";>

  <LI>Embedded Debian, <url "http://www.emdebian.org/";>

  <LI>DemoLinux, <url "http://www.demolinux.org/";>
</UL>


<HR>

<H2><a name="misclinux">Links variados sobre GNU/Linux</a></H2>

<dl>
<dt><A HREF="http://linux.com/";>Linux.com</A>, <A HREF="http://www.linux.org/";>Linux.org</A>
  <dd>A comunidade por trás do kernel Linux.</dd>

# <dt><A HREF="http://kernelnotes.org/";>KernelNotes.org</A>
#   <dd>Muitos recursos relacionados ao kernel.</dd>

<dt><A HREF="http://freshmeat.net/";>Freshmeat</A>,
    <A HREF="http://sourceforge.net/";>SourceForge</A>
  <dd>Repositórios de Software Livre.</dd>

<dt><A HREF="http://www.debianplanet.org/";>Debian Planet</A>
  <dd>Um site de notícias voltado ao Debian.</dd>

<dt><A HREF="http://www.debianhelp.org/";>debianHELP</A>
  <dd>Um site de ajuda para tudo sobre o Debian.</dd>

<dt><a href="http://www.debianworld.org/";>DebianWorld</a></dt>
  <dd>Um portal para usuários Debian que falam Francês.</dd>

<dt><a href="http://www.debianforum.de/";>DebianForum.de</a></dt>
  <dd>Um portal para usuários Debian que falam Alemão.</dd>

<dt><a href="http://www.esdebian.org/";>esDebian</a></dt>
  <dd>Um portal para usuários Debian que falam Espanhol.</dd>

<dt><a href="http://debian-br.cipsga.org.br/";>Debian-BR</a></dt>
  <dd>Um portal para usuários Debian que falam Português.</dd>

<dt><a href="http://www.debianusers.org/";>DebianUsers</a></dt>
  <dd>Um portal para usuários Debian que falam Coreano.</dd>
</dl>


<HR>

<H2><a name="lugs">Grupos de Usuários de GNU/Linux</a></H2>

<P>O website do <A href="http://www.ssc.com/glue";>Groups of Linux Users
Everywhere</A> (GLUE) contém informações sobre grupos de usuários do
GNU/Linux ao redor do mundo. Também contém informações sobre como formar
um novo grupo e uma lista de benefícios que algumas firmas comerciais 
vêem em membros de grupos.

<P>O <A href="http://lugww.counter.li.org/";>Linux User Groups WorldWide</A>
Tem um objetivo similar ao GLUE, mas é mais aberto, pois não há custos involvidos
para adesões e as entradas podem ser adicionadas usando uma interface web
amigável.

<P>Os Grupos de Usuários de GNU/Linux são um excelente recurso, tanto para os novos usuários como para os experientes. Os novos podem se beneficiar da ajuda gratuita e dos workshops de instalação. Os mais experientes podem encontrar-se com os outros de interesses similares e juntar-se para palestras mais técnicas do que as que são oferecidas a novatos.


<HR>

<H2><a name="unix">Informações Gerais sobre Unix</a></H2>

<UL>
  <LI><A HREF="http://www.usenix.org/";>A Associação Usenix</A>
  <LI><A HREF="http://www.unixpower.org/";>UnixPower.org</A>
  <LI><A HREF="http://www.ugu.com/";>Universo do Guru Unix</A>
  <LI><A HREF="http://www.geek-girl.com/Unixhelp/";>UNIXhelp para usuários</A>
  <LI><A HREF="http://attila.stevens-tech.edu/~khockenb/comp-unix-admin.html";>
      FAQ do comp.unix.admin</A>
</UL>


<HR>

<H2><a name="otherfreeos">Outros Projetos de Sistemas Operacionais Livres</a></H2>

<UL>
  <LI><A HREF="http://www.freebsd.org/";>FreeBSD</A>
  <LI><A HREF="http://www.netbsd.org/";>NetBSD</A>
  <LI><A HREF="http://www.openbsd.org/";>OpenBSD</A>
  <LI><A HREF="http://www.cs.hut.fi/~jvh/lites.html";>Lites</A>
  <LI><A HREF="http://www.gnu.org/software/hurd/";>GNU Hurd</A>
  <LI><A HREF="http://www.freedos.org/";>FreeDOS</A>
</UL>

#use wml::debian::template title="Versões do Debian"
#include "$(ENGLISHDIR)/releases/info"
#use wml::debian::translation-check translation="1.22"

<h2>Versões dado seu status</h2>

<p>As versões a seguir estão apresentadas dado seu status. Esses
links vão estar sempre disponíveis, já que a Debian tem sempre três versões
em manutenção constante: ``stable'', ``testing'' e ``unstable''.

<dl>
<dt><a href="stable/">stable</a></dt>
  <dd>A distribuição ``stable'' contém a versão mais recente oficialmente
  lançada pela Debian. Essa é a versão de produção do Debian.
<p>
  A distribuição ``stable'' do Debian GNU/Linux está atualmente na versão
  <current_release> e seu codinome é <em><current_release_name></em>.  Ela
  foi lançada em <current_release_date>.
  </dd>


<dt><a href="testing/">testing</a></dt>
  <dd>A distribuição ``testing'' contém pacotes que não foram aceitos
  numa versão ``stable'' ainda, embora não possuam bugs críticos para
  lançamento conhecidos e já estejam sendo usados há algum tempo. Veja
  <a href="http://ftp-master.debian.org/testing/";>explicações mais
  detalhadas</a>.
<p>
  A distribuição ``testing'' atual chama-se <em><current_testing_name></em>.
  </dd>


<dt>unstable</dt>
  <dd>É na distribuição ``unstable'' que o desenvolvimento ininterrupto do
  Debian ocorre. Geralmente, os usuários dessa distribuição são os próprios
  desenvolvedores e pessoas que gostam de emoções fortes.
<p>
  A distribuição ``unstable'' atual chama-se <em>sid</em>.
  </dd>
</dl>



<h2>Versões por nome</h2>

<p>As versões listadas abaixo são apenas um outro modo de chamar
as distribuições mostradas acima.

<p><ul>
  <li><a href="potato/">Debian GNU/Linux 2.2 (`potato')</a>
  <li><a href="woody/">Debian GNU/Linux 3.0 (`woody')</a>
      (<strong>ainda nao foi lançada</strong>)
</ul>

<p>Veja o <a href="$(HOME)/doc/FAQ/">FAQ da Debian</a> para uma explicação
<a href="$(HOME)/doc/FAQ/ch-ftparchives.html#s-sourceforcodenames">sobre
a origem desses codinomes</a>.



<H2>Versões antigas do Debian</H2>

<p><ul>
  <li><a href="slink/">Debian GNU/Linux 2.1 (`slink')</a>
  <li><a href="hamm/">Debian GNU/Linux 2.0 (`hamm')</a>
</ul>

<p>Versões mais antigas do Debian podem ser encontradas no
<a href="$(HOME)/distrib/archive">Arquivo da Debian</a>.

# Local variables:
# mode: sgml
# sgml-indent-data:nil
# sgml-doctype:".doctype"
# End:

Attachment: pgpmMDTyFQJCj.pgp
Description: PGP signature


Reply to: