[Date Prev][Date Next] [Thread Prev][Thread Next] [Date Index] [Thread Index]

Re: [angela.gomes@ibge.gov.br: Mirror do Security]



On Wed, 15 Mar 2006, Phibos wrote:
> A título de curiosidade, um mirror oficial do Debian, necessitaria de 
> quanto espaço, banda, poder de processamento e memória?
> É muito complexo o processo para colocar o mirror na página oficial do 
> projeto?

Sobre as necessidades dos mirrors, ver
http://lists.debian.org/debian-mirrors-announce/

Mais especificamente,
http://lists.debian.org/debian-mirrors-announce/2006/02/msg00000.html

Quanto a ser mirror oficial, se você quer dizer entrar na lista em
"http://www.debian.org/mirror/official_sponsors";, é quase impossível.

Se o que você tem a oferecer excede 10Mbit/s de banda de rede livre direto
para a RNP2 ou para o PPT-SP, PPTMetro(SP) ou coisa parecida, eu me disponho
a te por em contato com as pessoas certas mesmo que tenha que traduzir cada
email que vocês trocarem  :-)

Para fazer uma idéia da estrutura disponível no Brasil (contra a qual seu
pedido de mirror oficial seria comparado), ver
http://www.rnp.br/backbone/?pop=PR (essa é a conectividade da UFPR que provê
o mirror oficial brasileiro).  Note que eles tem 2.5Gbit/s com o POP-SP, e
dê uma olhada nas velocidades de peering do POP-PR (Prix) e POP-SP(Ampath,
ANSP, Embratel, GlobalCrossing, PTT-SP(muitos outros backbones),
PTTMetro(muitos outros backbones)).

Claro que isso não impede de forma alguma que você tenha um mirror público
com conectividade bem mais "pé no chão" e divulgue-o por outros meios --
para quem estiver mais perto de seu mirror em matéria de rede, ele vai ser
melhor escolha que o ftp.br.debian.org.  É o que nós mero mortais que lutam
muito para conseguir uns poucos Mbit/s fazem.  Ver
http://www.debian.org/mirror/submit

(e inscreva-se na debian-mirrors-announce se você tem um mirror).

-- 
  "One disk to rule them all, One disk to find them. One disk to bring
  them all and in the darkness grind them. In the Land of Redmond
  where the shadows lie." -- The Silicon Valley Tarot
  Henrique Holschuh



Reply to: