[Date Prev][Date Next] [Thread Prev][Thread Next] [Date Index] [Thread Index]

Re: [RN] Remoção de drivers fechados no quérnel do Debian



On Fri, 23 Apr 2004 11:32:26 -0300
Marcio de Araujo Benedito <china@minaslivre.org> wrote:

> Do contrato social do debian[1]:
> 
> *Nós seremos guiados pelas necessidades de nossos usuários e pela
> comunidade de software livre, colocando seus interesses em primeiro
> lugar em nossas prioridades*. Apoiaremos as necessidades de nossos
> usuários para operação em muitos tipos diferentes de ambiente
> computacional. *Não iremos fazer objeção a software proprietário que
> deva rodar em sistemas Debian*, e permitiremos a outros criarem
> distribuições com valor agregado contendo tanto o Debian como software
> comercial, não sendo nenhuma taxa por nós cobrada. Para apoiar estes
> objetivos forneceremos um sistema operacional de alta qualidade, 100%
> livre, sem restrições legais que possam impedir estes tipos de uso."

Fazer objeção contra um ato e realizar este ato são duas coisas bem
diferentes. O contrato social pensava na situação em que você tem um
sistema debian e quer/precisa instalar um pacote de software
proprietário. De fato não existe nenhum impedimento contra isso na
debian (todos fazemos isso por exemplo com java), mesmo que a debian
talvez não distribua este software proprietário. Isso contrasta com
outros sistemas operacionais fechados que muitas vezes impedem ou
dificultam a instalação de certos componentes e, em alguns casos, até
ameaçam com a anulação da garantia.

Tampouco existe objeção contra a compra e o uso de hardware não
suportado por Linux, mesmo que alguns fabricantes façam que o hardware
suportar Linux. Obviamente a debian não deseja estimular a compra de
hardware proprietário, o que eu só posso aplaudir. A compra destos
produtos é um freio contra o progresso.

Também lembre que a instalação de um módulo binário vai anular o
suporte de Linux (kernel, não debian). Se você acha ter topado com um
bug no kernel e se dirige aos desenvolvedores do kernel, é bem
possível que eles negam-se a mesmo pensar no que poderia estar errado
se o seu kernel é colorido "tainted" (por exemplo Alan Cox). Isso é
uma boa prática e seria bom a debian ser mais consequente nisso, o que
ainda não foi possível como mostrou a última votação. Mas passo a
passo chegaremos lá.

HTH

Christoph Simon



Reply to: