[Date Prev][Date Next] [Thread Prev][Thread Next] [Date Index] [Thread Index]

Re: Acentos e cedilha entre fat e ext3



Em Mon, Aug 25, 2003 at 10:40:50AM -0300, Rodrigo Gruppelli escreveu:

> Mas não com o gnome2... De fato, se eu renomear um arquivo com cedilha e acentos pelo nautilus, nem com o ls eu visualizo direito. Aparece uns caracteres estranhos no lugar da letra acentuada, etc.
> 
> Acho que tanto faz se for vfat ou ext3 o filesystem.
> 
> Alguém sabe por quê?
> 

Bom, eu tenho uma idéia. Talvez seja porque o GTK+-2.x (e por extensão,
o GNOME 2.x (e por extensão o Nautilus)) usa UTF-8 na codificação de
caracteres. Quando você salva um arquivo cujo nome tenha acento (cedilha
incluso, para simplicidade), o GTK+-2.x grava no seu disco um nome
codificado em UTF-8. Só que seus utilitários padrão do console entendem
apenas Latin-1 (vulgo ISO-8859-1), que é diferente. Pelo que li no
Unicode-HOWTO e alhures na Internet, caracteres acentuados, em Latin-1,
usam apenas um byte. Já em UTF-8, eles usam dois bytes. Um texto em
UTF-8 que use caracteres acentuados e não-acentuados tem caracteres
codificados com quantidades diferentes de bytes. É apenas uma questão de
convenção. A codificação de um texto em ASCII padrão (aquele de 128
caracteres) é indistingüível da codificação desse mesmo texto em UTF-8,
por conta da compatibilidade. Como essa compatibilidade não foi mantida
para os bytes mais altos do conjunto ASCII, dá essa bagunça que você viu
aí. Na verdade não é bug do Nautilus, do GNOME ou do GTK+.

Acredito que seu problema será solucionado se você conseguir seu
transformar ambiente de modo texto em um ambiente UTF-8. Eu ainda estou
tentando fazer isso. Quando achar um jeito, coloco na lista.

-- 
"Fair is fool, and foul is fair"
               -- W. Shakespeare



Reply to: