[Date Prev][Date Next] [Thread Prev][Thread Next] [Date Index] [Thread Index]

[wml] /devel/debian-desktop/index.wml



Correção de erro:
	href- -> href=

-- 
Gustavo R. Montesino                      
"And may the source be with you"           
                                            
GPG KEY BACAB6C2    pgp.mit.edu               
Debian GNU/Linux    www.debian.org

#use wml::debian::template title="Debian no Desktop"
#use wml::debian::recent_list
#use wml::debian::translation-check translation="1.24" translation_maintainer="Michelle Ribeiro"

<h2>O Sistema Operacional Universal como seu Desktop</h2>

<p>
  O sub-projeto Debian Desktop consiste de um grupo de voluntários os
  quais tem como objetivo criar o melhor sistema operacional possível
  para uso doméstico e corporativo. Nosso lema é "software que funciona".
  Resumindo, nosso objetivo é levar o Debian, GNU e o Linux para o
  mundo mainstream.
  <img style="float: right;" src="debian-desktop.png" alt=""/>
</p>
<h3>Nossos princípios</h3>
<ul>
  <li>
    Reconhecendo que ambos <a href="http://www.gnome.org/";>GNOME</a>
    e <a href="http://www.kde.org/";>KDE</a> existem, iremos suportar
    o uso dos dois e nos certificar de que ambos funcionem bem no
    Debian. Eles são as escolhas principais para um ambiente padrão
    para o usuário final. Suportar outros ambientes desktop como o
    <a href="http://www.xfce.org/";>XFCE</a> seria bom também, dependendo
    do tempo dos desenvolvedores e espaço requerido.
  </li>
  <li>
    Reconhecemos que existem somente duas classes importantes de
    usuários: o novato e o experiente. Faremos o possível para
    tornar as coisas muito fáceis para o novato e ao mesmo tempo
    permitiremos que o usuário experiente configure as coisas da
    maneira que deseja.
  </li>
  <li>
    De acordo com nosso lema, iremos trabalhar para suportar e
    melhorar todo software o qual facilite e minimize a quantidade
    de configuração requerida pelo usuário final. Isto significa
    que iremos integrar software como o
    <a href="http://packages.debian.org/discover";>discover</a> no
    processo de instalação do Debian e no sistema Debian em tempo
    de execução. Nós iremos nos certificar que configurar o
    <a href="http://packages.debian.org/x-window-system";>XFree86</a>
    seja o mais fácil possível e a prova de falhas.
  </li>
  <li>
    Nós tentaremos nos certificar de que o software seja configurado
    para o uso desktop mais comum. Por exemplo, a conta de usuário
    adicionada por padrão durante a instalação deverá ter permissões
    para utilização de recursos de áudio e vídeo, impressão e
    gerenciamento do sistema através do sudo.
  </li>
  <li>
    Integraremos um utilitário de gerenciamento do sistema de fácil
    uso na instalação Debian padrão. Existem diversas opções nesta área;
    <a href="http://packages.debian.org/webmin";>webmin</a> e
    <a href="http://packages.debian.org/gnome-setup-tools";>GNOME Setup
    Tools</a> parecem ser as mais promissoras. Existe também o projeto
    <a href="http://magiconf.sheflug.co.uk/";>MagiConf</a>.
  </li>
  <li>
    <p>
    Tentaremos nos assegurar de que questões exibidas ao usuário
    (as quais devem ser mantidas em um nível mínimo) façam sentido mesmo
    para quem possui um mínimo de conhecimento de computadores. Muitos
    pacotes Debian atualmente apresentam ao usuário complicados detalhes
    técnicos. Por exemplo, caso você simplesmente selecione as tarefas
    "ambiente desktop" e "ambiente de desenvolvimento" durante uma
    instalação do Debian Woody, a primeira coisa que lhe será apresentada
    após todos os pacotes serem baixados é uma nota do debconf do pacote
    <a href="http://packages.debian.org/binutils";>binutils</a> sobre
    "informação sobre a falha na ligação do kernel". Para um novato,
    este tipo de coisa é confusa e assustadora. Para o usuário
    experiente, isto é chato e desnecessário. Logo após esta nota
    aparecerá uma pergunta do pacote
    <a href="http://packages.debian.org/less";>less</a> lhe
    questionando algo sobre um gerenciador MIME. Um novato nem mesmo
    sabe o que é MIME. Um usuário experiente porém pode configurar o
    less da maneira desejada após a instalação. A prioridade deste
    tipo de perguntas Debconf deveriam ser pelo menos diminuídas.
    </p>
    <p>
      (Felizmente, muitos destes problemas já estão corrigidos para
      o release <samp>sarge</samp> usando o <samp>debian-installer</samp>,
      o qual fará com que o prioridade debconf padrão seja "alta").
    </p>
  <li>
    E nós nos divertiremos fazendo tudo isso !
  </li>
</ul>
<h3>Como você pode ajudar</h3>
<p>
  As partes mais importantes de um sub-projeto Debian não são as
  listas de discussão, paginas web ou espaço para pacotes nos
  repositórios. A parte mais importante é <em>gente motivada</em>
  que faz as coisas acontecerem. Você não precisa ser um desenvolvedor
  oficial para começar a fazer pacotes e patches. A equipe principal do
  Debian Desktop se certificará que seu trabalho seja integrado.
  Sendo assim, aqui estão algumas coisas que você pode fazer :
</p>
<ul>
  <li>
    Ajudar o <a href="mailto:lawrencc@debian.org";>Chris Lawrence</a>
    com a <a href="http://phys251.phy.olemiss.edu/cgi-bin/viewcvs.cgi/";>reescrita
    do sistema de menus</a>.
  </li>
  <li>
    Finalizar a integração do KDE 3 no Debian instável.
    <em>Isto atualmente está bloqueado devido a transição para o gcc-3.2</em>
		Veja <a href="http://davidpashley.com/debian-kde/faq.html";>The Debian KDE FAQ</a>
		para maiores informações.
  </li>
  <li>
    Trabalhar no <a href="http://cvs.debian.org/debian-installer";>debian-installer</a>.
    Precisamos especialmente de um porte para X/gtkfb.
  </li>
  <li>
    Descobrir como poderemos integrar da melhor forma o
    <a href="http://packages.debian.org/webmin";>webmin</a> e/ou <a
    href="http://packages.debian.org/xgnome-setup-tools";>GNOME Setup
    Tools</a> na distribuição principal.  Uma maneira simples seria criar
    um patch e adicioná-lo à idéia de sistema básico do
    <a href="http://packages.debian.org/debootstrap";>debootstrap</a>.
    Uma boa maneira de fazer isso poderia ser permitir ao debootstrap ter
    "sabores" de instalação. O sabor "desktop" poderia então instalar o webmin.
  </li>
  <li>
    Pedir ao mantenedor do ppp para remover a chata rota padrão quando
    uma conexão é estabelecida. (Eduard Bloch)
  </li>
  <li>
    Pedir ao Overfiend (Branden Robinson) para avisar sobre configurações
    insanas de módulos na configuração do xfree86. (Eduard Bloch)
  </li>
  <li>
    Instalar o hotplug como um pacote básico e carregar drivers
    usb/firewire (Eduard Bloch)
  </li>
  <li>
    Finalizar a internacionalização e o suporte a múltiplos idiomas
    do Debian. Isto envolve diferentes aspectos, como o
    <a href="http://ddtp.debian.org/";>Projeto de Tradução de Descrições
    Debian</a>. Adicionalmente, Charles de Miramom notou que :
    <blockquote>
      Deveria existir mais inteligência no gerenciamento de pacotes
      Debian para que lhe fosse questionado, no momento em que você
      instala um pacote (KDE / Gnome), se você deseja instalar a
      documentação em seu idioma. Deveria existir também uma revisão geral
      da localização padrão de pacotes com integração do pacote euro
      para países onde o euro é a moeda oficial. Na França o Debian
      nunca será notado caso o sistema não esteja em Francês.
    </blockquote>
  </li>
  <li>
    Trabalhar para diminuir a prioridade de ou removendo perguntas
    <a href="http://packages.debian.org/debconf";>debconf</a> desnecessárias
    de pacotes e fazer com que aquelas que sejam necessárias sejam fáceis
    de serem entendidas.
  </li>
  <li>
    <p>
      Criar um pacote Debian do Linux (kernel) otimizado para uso em Desktop.
      Luke Seubert nota o seguinte :
    </p>
    <blockquote>
      Um kernel pode ser otimizado de forma que o desktop seja muito mais
      responsivo e usável. (Adicionalmente, configurações do hdparm podem ser
      feitas durante a instalação para maximizar de forma segura a performance
      dos discos, mas vamos com calma em relação a isso por enquanto.) Vários
      patches, como o patch de baixa latência, o kernel preemptivo, supermount,
      etc, podem  ser adicionados ao kernel para fazer com que o mesmo tenha uma
      performance muito melhor em computadores desktop. Eu recomendo que o Debian
      Desktop faça um lobby para ter um kernel otimizado para o desktop em adição
      ao diversos kernels disponíveis durante a instalação. Devemos oferecer
      kernels para máquinas com uma único CPU e kernels SMP. Os vários patches que
      permitem isso foram coletados e testados por Con Kolivas. Con diz que
      seu conjunto de patches ck10 é bastante estável e bem testado.
      <a href="http://members.optusnet.com.au/ckolivas/kernel/";>Informações sobre
      os patches</a> e uma <a href="http://kerneltrap.org/node.php?id=465";>entrevista
      com Kolivas</a> estão disponíveis.
    </blockquote>
  </li>
  <li>
    Cuidar de quaisquer projetos na
    <a href="http://www.debian.org/devel/todo/";>lista A FAZER Debian</a>;
    pois, afinal, o Debian Desktop não poderá funcionar sem o Debian !
  </li>
  <li>
    Criar temas Debian para software como o GNOME e KDE (quase 50% feito; veja
    o pacote <a href="http://packages.debian.org/desktop-base";>desktop-base</a>).
  </li>
  <li>
    Enviar patches com outras coisas a serem adicionadas a esta lista !
  </li>
</ul>
<h3>Debian Desktop Wiki</h3>
<p>
  Existe um início em
	<a href="http://wiki.debian.net/DebianDesktop";>uma entrada Wiki
	para o Debian Desktop</a>. Por favor sinta-se livre para contribuir
	suas com suas idéias e sugestões lá também.
</p>
<h3>Discussões sobre o Debian Desktop</h3>
<p>
  No momento, como os outros sub-projetos, nós iremos utilizar a
  <a href="http://lists.debian.org/debian-devel";>debian-devel</a> como
  nossa lista de discussão. As linhas de assunto das mensagens
  relacionadas ao nosso sub-projeto enviadas a lista devem ser prefixadas
  com <em>[desktop]</em> para que possa ser fácil distinguir as mensagens
  relacionados ao nosso sub-projeto do restante do tráfego normal da lista.
</p>
<h3>Canal IRC</h3>
<p>
  Encorajamos qualquer pessoa (desenvolvedor Debian ou não) que esteja
  interessada no Debian Desktop a se juntar a nós no canal #debian-desktop
  na rede de IRC <a href="http://freenode.info";>Freenode</a> (irc.debian.org).
</p>
<h3>Links Importantes</h3>
<ul>
  <li><a href="http://www.freedesktop.org/";>freedesktop.org</a>, do qual os
  padrões devemos seguir.</li>
  <li>O <a href="http://www106.pair.com/rhp/free-software-ui.html";>Ensaio de
  Havoc Pennington sobre software livre e interfaces de usuários.</a> é uma
  boa leitura.
  </li>
  <li><a href="http://www.gnome.org/";>GNOME</a></li>
  <li><a href="http://www.kde.org/";>KDE</a></li>
</ul>
<h3>Quem está envolvido no Debian Desktop</h3>
<p>
  Antes de mais nada, qualquer um que o queira ! Nesse momento porém o
  projeto (ou seja, essa página web) é mantido por
  <a href="http://people.debian.org/~walters/";>Colin Walters</a>.
</p>

Attachment: pgpGnUmFtJ7yh.pgp
Description: PGP signature


Reply to: