[Date Prev][Date Next] [Thread Prev][Thread Next] [Date Index] [Thread Index]

Re: Dúvidas LVM + KVM



Grandre André Ribas!

Muito obrigado pelo seu retorno, as suas instruções realmente me ajudaram e esclareceram as minhas dúvidas quanto ao LVM no servidor. No entanto... ainda fiquei com dúvida quanto ao LVM na hora de criar as VMs por exemplo... o fato do meu /var estar em cima de um VL não seria o bastante para eu redimensionar os discos das VMs e salvar snapshots? Ou eu também teria que ao instalar uma VM teria que levantar outra LVM nesta VM para fazer tudo isso (snapshots e redimensionamento)? Mais uma vez muito obrigado.

Moksha

Em 28 de fevereiro de 2012 10:37, André Ribas <andreribas@gmail.com> escreveu:
Em 27 de fevereiro de 2012 20:07, Moksha Tux <govatux@gmail.com> escreveu:
> Boa noite lista!
>

Bom dia Moksha.

> Estou estudando fortemente o KVM como meu principal servidor de
> virtualização e estou bastante empolgado com os teste que fiz com backup,
> migração entre outros, mas ouvi dizer que levantar um server de
> virtualizaçào mas utilizando LVM para aprmazenar as VMs seria muito mais
> rápido e flexível e ainda mais que descobri que a opção de salvar snapshots
> só é possível se a VM estiver em cima de LVM, então tenho algumas dúvidas...

Bom, eu me afastei um pouco dos meus testes com KVM mas vejamos se
posso te ajudar em algo.

> Como eu deveria criar esse projeto em LVM, seria já na instalação ou depois
> de instalar devo criar os volumes e grupos através do LVM2?

Vou demonstrar passo a passo as etapas que eu sigo para a instalação
do sistema em uma máquina fictícia que possui dois discos de 1TB.
* Durante a etapa de criação das partições eu crio uma nova tabela de
partições em ambos os discos, se for necessário, e então crio uma
partição para arranjos RAID com o tamanho total em ambos os discos.
* Com essas duas partições eu crio um arranjo RAID1, que chamarei de /dev/md0.
* Nesse /dev/md0 eu seleciono a formato de partição para PVs (Phisical
Volumes) do LVM2.
* Então eu crio um VG (Volume Group), que eu chamarei de /dev/vg0),
contendo esse /dev/md0.
* A partir daí eu crio os LVs (Logical Volumes) necessários para o
sistema(/, /var, /home e SWAP) mas apenas com o espaço necessário para
o sistema e deixo o restante do disco vazio.

> Como posso fazer para instalar a partição / como ext4 normal e depois a /var em
> um volume lógico?

Bom, eu não vejo muita vantagem em deixar o / fora do LVM2 já que o
Debian é perfeitamente capaz de entender o LVM já a partir do boot.
Prefiro manter a disposição das partições de uma forma mais homogênea.

> E quanto as VMs eu também devo criar as VMs com LVMs ou
> estou livre para criar as VMs com EXT4 ou EXT3?

Bom, acho que você está tendo um problema em definir melhor as coisas,
EXT3/4 é um sistema de arquivos utilizado para organizar a estrutura
de arquivos dentro de um device. Este device pode ser um disco rígido,
um arquivo ou um volume lógico (LVM). Ou seja, mesmo quando você
utiliza o LVM, você ainda tem que formatar aquele volume lógico com
EXT3/4.

> Como seria possível redimenssionar o tamanho dos discos das VMs?

Isso é completamente trivial com LVM. A operação para aumentar um LV
consiste em, basicamente:
* aumentar o tamanho do LV com lvextend.
* extender o tamanho do sistema de arquivos dentro desse LV com
resize2fs (para EXT2/3/4)

Já para diminuir o tamanho da partição para liberar espaço para o VG o
caminho é o contrário.
* primeiro deve-se diminuir o tamanho do sistema de arquivos (e isso
se não me engano só pode ser feito com o device off-line)
* depois diminui-se o tamanho do LV com lvreduce.

> Seria obrigatório que elas estejam também com LVM?

Acredito que a utilização do LVM seja mais segura haja visto que o LVM
foi desenvolvido com várias dessas funcionalidades em vista como o
redimensionamento de volumes e snapshots. Hoje em dia eu utilizo o LVM
até em minha estação de trabalho.

> Desde já meu muito obrigado a todos,
>
> Moksha

Atenciosamente

André Ribas

PS. Bom, relendo agora o e-mail eu percebi que as suas dúvidas são
muito mais voltadas ao LVM do que ao KVM, talvez você deve-se
estuda-lo individualmente pois o uso do LVM dentro do KVM é
praticamente idêntico ao uso do mesmo sem virtualização.


--
To UNSUBSCRIBE, email to debian-user-portuguese-REQUEST@lists.debian.org
with a subject of "unsubscribe". Trouble? Contact listmaster@lists.debian.org
Archive: CA+quJ9qM-XeySnzuah4eXg4jO2TbkZ0eG03sCQhag4FWELwy0w@mail.gmail.com" target="_blank">http://lists.debian.org/CA+quJ9qM-XeySnzuah4eXg4jO2TbkZ0eG03sCQhag4FWELwy0w@mail.gmail.com



Reply to: